PRESS/

Saiu na mídia

sobre o BXT.

September 30, 2017

'RESILIÊNCIA', POR ANTÔNIO CARLOS MIGUEL - G1

Autor dos dez temas de “Resiliência" (um deles, “Êxodo”, em parceria com Fernando Amaro), Vinícius Gomes (guitarra e violão) gravou com um grupo formado por Gustavo Bugni (piano), Edu Ribeiro (bateria), Rodrigo Ursaia (sax e flauta),  Bruno Migotto (contrabaixo) e Rubinho Antunes (trompete). Na faixa-título e de abertura, um quarteto de cordas (com arranjo e regência de Bugni) dá mais coloridos à ambiência sonora construída por Gomes, que se mostra compositor tão criativo quanto solista.

August 30, 2017

'RETRATOS', POR MAURO FERREIRA - G1

​O lançamento do segundo álbum do grupo Ludere, Retratos, representa alento para consumidores de discos de jazz produzidos no Brasil. Não somente por reverberar a evolução do jazz contemporâneo tocado pelo quarteto –  formado por um dos filhos do violonista Baden Powell (1937 – 2000), o pianista Philippe Baden Powell, com o baixista Bruno Barbosa, o baterista Daniel de Paula e o trompetista Rubinho Antunes – mas também por marcar a abertura de selo brasileiro dedicado ao gênero musical norte-americano.

July 08, 2017

RESENHA DE ANTÔNIO CARLOS MIGUEL | G1

​Ainda na linha de filho que segue os passos musicais do pai, mas trocando o violão pelo piano, está Philippe Baden Powell. Nascido em Paris, onde voltou a viver após uma temporada no Brasil, lançou este ano mais um disco solo, “Notes over poverty”, pelo selo inglês que tem sido um lar para brasileiros Far Out, e, agora, ainda mostra fôlego para o álbum “Retratos”, com o Ludere.

August 02, 2017

ILUSTRADA | FOLHA DE SP

​O selo Blaxtream estreou com o lancamento de quatro discos ineditos de jazzistas brasileiros. Fazem parte deste primeiro pacote os grupos Paulo Almeida Quarteto, Vinícius Gomes Quinteto, Fabio Gouvea Quinteto e Ludere - liderado pelo pianista Philippe Baden Powell, filho do celebre violonista carioca. Philippe, que vive em Paris, lancou pela gravadora o segundo disco do quarteto, que conta ainda com outros tres musicos brasileiros. “O selo da a oportunidade de difundir a musica instrumental brasileira e movimentar o mercado. Quanto maior a oportunidade de gravar e colocar discos nas lojas e nas plataformas digitais, melhor para os musicos e para o publico”, diz ele.

June 29, 2017

BLAXTREAM POR CARLOS CALADO

​Tive a oportunidade de ouvir algumas faixas dos quatro primeiros discos do selo e posso dizer que o material é de primeira linha. Se há mesmo algo de louco (ou de não comercial, aparentemente) no projeto, fico na torcida para que venham outras "loucuras" como essa. A cena cultural brasileira só tem a ganhar com música de alto quilate.

August 21, 2017

CBN

​O lançamento é a realização de um sonho do produtor que nasceu há dez anos, mas que começou a virar realidade no final de 2015, com a união e o incentivo da engenheira de produção Thalita Magalhães. “É um projeto que tem o propósito de promover um intercâmbio de musicalidade e cultura, conectando nações e pessoas por meio do jazz e da música instrumental”, diz Monteiro.

Please reload

  • White Facebook Icon
  • White SoundCloud Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon

© 2018 BLAXTREAM | JAZZ